Curta o GBC Siga o GBC 


Allan-Kardec-07 - Jhones Senna

Peça sobre a vida do difusor da doutrina espírita fica em cartaz nos dias 7 e 8 de maio no Teatro Dom Silvério

 Clique aqui e faça o download de fotos de divulgação. Crédito: Jhones Senna

A peça ‘Allan Kardec – um olhar para a eternidade’ fica em cartaz nos dias 7 e 8 de maio (sábado e domingo), no Teatro Dom Silvério (Av. Nossa Senhora do Carmo, 230), em Belo Horizonte. Na montagem, o ator Rogério Fabiano revive as histórias de Hippolyte León Denizar dRivail, educador, escritor e tradutor francês que, no fim do século XIX, adotou o pseudônimo Allan Kardec e passou a difundir a doutrina espírita, entrando para a lista dos grandes benfeitores e missionários da humanidade.

Além de Rogério Fabiano, ‘Allan Kardec – um olhar para a eternidade’ conta com Érica Collares, Bia Barros, Claudio Gardin e Leandro Mello no elenco. A maior parte dos atores se divide em vários papéis na trama. É o caso de Érica, que interpreta a médium Gertrudes Laforgue e Amélie Gabrielle Boudet, esposa de Kardec.

Bia Barros interpreta a mãe de Allan e Madame Plainemaison, primeira pessoa espírita com quem Kardec teve contato. Ele a visita tentando desmascará-la, mas recebe um recado do além e muda o rumo de sua vida.

O texto da peça é de Paulo Afonso Lino e a direção é de Ana Rosa, atriz que entrou para o Livro dos Recordes (Guinness Book) em 1997 como “a atriz com maior número de participações em novelas”. Ana, que é espírita praticante há mais de 30 anos, também dirige as peças ‘O Cândido Chico Xavier’ e ‘Violetas na Janela’, ambas em cartaz há mais de 15 anos. Sobre ‘Allan Kardec – um olhar para a eternidade’, Ana Rosa diz que estar sempre entusiasmada: “Primeiro, por se tratar da vida e obra de Allan Kardec, já conhecido por nós através de suas obras básicas. Segundo, porque o texto de Paulo Afonso de Lima é uma obra de arte, tanto em termos de pesquisa como de teatralidade. E terceiro, por orquestrar o talento e sensibilidade de atores como Rogério Fabiano, Érica Collares, Bia Barros e Claudio Gardin, um exercício que me revigora – como atriz que sou – e me entusiasma como diretora a cada ensaio”.

Ficha técnica:
Texto: Paulo Afonso de Lima.
Direção: Ana Rosa.
Elenco: Rogério Fabiano, Érica Collares, Bia Barros, Claudio Gardin e Leandro Mello.
Direção de Arte e Luz: Guillermo Luis.
Iluminação: Carlos Alberto Boschini.
Operador de Luz e Vídeos: Marcelo Pirillo.
Cenário, figurinos e adereços: Francisco Emanuel Leite.
Produção: Érica Collares e Rogério Fabiano.
Duração: 80min

Serviço:

Espetáculo ‘Allan Kardec – um olhar para a eternidade’

Datas e Horários: 07/05, sábado, às 21h e 08/05, domingo, às 19h

Local: Teatro Dom Silvério (Av. Nossa Senhora do Carmo, 230)

Entrada: R$ 50,00 (inteira) | R$ 25,00 (meia)

Postos de Venda: Central dos Eventos

Telefone de informações ao público: (31) 3228-7500 / 4141-2929 / 3146-7304

Classificação Etária: Livre

Produção Local: Sílvio Ferreira

Assessoria de Imprensa: Grupo Balo de Comunicação

Heberton Lopes – hlopes@grupobalo.com – (31) 3077 0606  | (31) 98988 7616

www.grupobalo.com