Curta o GBC Siga o GBC 


Desde_que_o_Samba_era_Semba_Foto_Jean_Nunes (178)

Apresentação acontece nos dias 27 e 28 de  junho

Apresentar a história e a origem do Samba, o Semba, chegando até a grande síntese cultural representada pelos enredos das escolas de samba brasileiras da atualidade. Estes são alguns dos destaques do espetáculo Desde que o Samba era Semba, que acontece no dia 27 (sábado), às 20h30, e 28 (domingo), às 19h, no Cine Theatro Brasil Vallourec (Praça Sete – Centro-BH).

O espetáculo “Desde que o Samba era Semba” fundamenta-se em um roteiro desenvolvido pelo historiador, ator, jornalista e diretor de teatro Haroldo Costa, que revelará a trajetória do samba desde sua origem, em Angola,”o Semba”, até a grande síntese cultural representada pelos enredos das escolas de samba brasileiras da atualidade.

Este show quer mostrar o esplendor do acervo musical brasileiro e tocar profundamente o sentimento do público no que diz respeito às nossas raízes culturais, em especial a nova geração, mostrando que, do Oiapoque ao Chuí, o samba é o ritmo da unidade nacional. A roteiro do show foi inspirado na música “Yayá Massemba”, de Capinan e Roberto Mendes, gravada por Maria Bethânia no premiado CD “Brasileirinho”, em 2003. O nome do espetáculo foi inspirado na música Desde Que o Samba Era Samba, de Caetano e Gil, do disco Tropicália 2, de 1993. De acordo com o historiador Sérgio Cabral, esta música é a que melhor define a origem do samba.

 

Ficha Técnica

Direção – Luiz Filippo

Roteiro – Haroldo Costa

Direção Musical, arranjos e flauta – Eduardo Neves

Assistente de direção musical e Violão 7 cordas – Rodrigo Torino

Voz – Sergio Pererê e Carla Gomes

Cavaquinho e bandolim – Pablo Malta

Baixo – Guto Wirtt

Piano – Adriano Souza

Trompete – Ulisses Luciano

Trombone – Antonio Neves

Bateria – Xande Figueiredo

Percussão – Daniel Guedes, Fábio Martins e Robson Batata

Cenário e Figurino – Celestino Sobral

Luz – Kalluh Araujo

Técnico de luz – Ivanir Avelar

Técnico de PA – Rafael Negromonte e Luiz Gustavo Teixeira

Criação de imagem e operação de vídeo – Diogo Torino

Montagem de Cenário – Celio Henrique Farias e Yuri Avelar

Fotografia – Jean Nunes

Filmagem e edição – Álvaro Starling

Assessoria de Imprensa – Grupo Balo de Comunicação

Assistente de produção – Lucas De Filippo

Produção executiva – Airam Rezende, Tânia De Filippo e Theo Mendonça

 

Serviço

Show – Desde que o Samba era Semba 

Data: 27 (sábado) às 20h30 e 28 (domingo) às 19h

Local: Cine Theatro Brasil Vallourec (Praça Sete – Centro-BH)

Telefone de informações ao público: (31) 3201-5211

Ingressos:

Inteira: R$30,00 | Meia: R$ 15,00

Informações: 31-8852-2336 – 31- 8852-6639 – 8645-6265

Classificação etária: livre

Assessoria de Imprensa: Grupo Balo de Comunicação – www.grupobalo.com

Heberton Lopes – hlopes@grupobalo.com   – (31) 3077 0606 – (31) 8855 1219