Curta o GBC Siga o GBC 


_MG_0514 copy web

 Divertida comédia romântica é uma excelente opção  nesta 41ª Campanha de Popularização Teatro e Dança

As apresentações acontecem no Grande Teatro do Palácio das Artes

 Clique aqui e faça o download de fotos de divulgação (crédito: :Matheus Matta)

O espetáculo “Colados, uma comédia musical diferente”, que encanta e surpreende a plateia pela comicidade do seu argumento e o perfeito sincronismo do elenco, retorna aos palcos de BH com  apresentações na 41ª Campanha de Popularização do Teatro e da Dança. As sessões serão nos dias 22 e 23 de janeiro, (quinta e sexta-feira) às 21h, no Grande Teatro do Palácio das Artes.

Colados conquistou o público mineiro em suas temporadas realizadas em 2014.  O espetáculo volta agora na Campanha prometendo trazer surpresas, risos e emoções. O objetivo é divertir, mas a plateia também se emociona com uma história de amor onde texto, elenco e direção estão em perfeita comunhão como se fossem uma partitura, a verdadeira música do espetáculo.

Sucesso mundial, “Colados, uma comedia musical diferente”, do premiadíssimo original “Pegados”, do espanhol Ferran Gonzáles, recebeu várias montagens e prêmios em diversos países da Europa e América Latina. A montagem mineira foi muito elogiada por Gonzáles, que destacou a qualidade do cenário e a brilhante atuação do elenco. O autor veio de Barcelona a Minas para assistir a estreia nacional da versão brasileira.

Sob direção geral do dramaturgo Orlando Orube e direção musical de Tatá Sympa, o elenco, formado por Beto Sorolli, Daniela Cassimiro, Suellen Ogando e Robério Molinari, dá vida e voz aos personagens. A preparação vocal e as coreografias são de Fabio Dornas.

Colados, Uma Comédia Musical Diferente” conta a história de dois jovens que se conhecem na balada e devido a um acontecimento inusitado, vão parar num hospital. Beto Sorolli é “Chico” e Daniella Cassimiro interpreta “Chica” o casal que vive uma verdadeira aventura com diversas situações engraçadíssimas e emocionantes. No hospital, eles esperam o doutor com a única companhia de uma enfermeira aloprada – a atriz Suellen Ogando, que vez ou outra “rouba” a cena. Também no palco, o ator e tecladista Robério Molinari, que além de interpretar, dá ritmo ao espetáculo com o seu marcante piano. Com muita música e humor, os personagens estão condenados a se conhecerem e se entenderem durante uma longa, tensa e engraçada noite até o desenlace final.

Prêmios:

Prêmio Butaca de Teatro da Catalunha de 2010

Prêmio Max 2011 –  Melhor Teatro Musical

Serviço

Colados, Uma Comédia Musical Diferente

Local: Grande Teatro do Palácio das Artes – Av. Afonso Pena, 1537 – Centro – Belo Horizonte/MG

Datas e horários: de 22 e 23 de Janeiro (quinta e sexta) às 21h

Ingressos:

R$ 15 (preço único nos postos do Sinparc)

R$ 30 (meia) Na bilheteria do teatro

R$ 60 (inteira) Na bilheteria do teatro

Ingressos a venda na bilheteria do teatro, nos postos Sinparc do Mercado das Flores (Centro) e Fnac BH Shopping e pelo site www.sinparc.com.br

 

Classificação etária: 14 anos.

Informações pelo fone: (31) 3463 1300

Elenco:Beto Sorolli, Daniela Cassimiro, Suellen Ogando e Robério Molinari

Tradução e Direção: Orlando Orube

Produção Geral: Artbhz Produtora de Espetáculos

Produção Artística: MBYÁ Produções

 

Assessoria de Imprensa:

Christina Lima: (31) 3274 8907  –  (31) 9981 4897

Heberton Lopes: (31) 3077 0606 – (31) 8855 1219

 

Elenco:

Beto Sorolli

Beto Sorolli é ator, cantor, dançarino, comediante, compositor, arranjador, diretor vocal/musical e professor de canto. Se formou em teatro pelo TU-UFMG, e em canto lírico pelo CEFAR Palácio das Artes, onde também estudou dança clássica. Também cursa Licenciatura em Musica com Habilitação em Canto Lírico pela UEMG, e tem especialização em Belting Contemporâneo pelo Studio Marconi Araújo, sendo o único professor desta técnica em Belo Horizonte. Sorolli é pupilo do Maestro Marconi Araújo de SP, e integra o quadro de professores do seu Studio.

Atuou em diversos espetáculos teatrais e musicais em SP e BH, dentre eles: Jesus Cristo Superstar; Zuzubalândia, o Musical; Meu Amigo Charlie Brown; A Pequena Sereia; Pedro e o Lobo; dentre vários outros. Como diretor vocal e musical consolidou-se em vários trabalhos na Capital Mineira com destaque para os musicais: Eu não sou cachorro não (Com Tania Alves); Pluft, o fantasminha; O Mundo Mágico do Sitio do Picapau Amarelo; O Casamento da Ararinha Azul.

Sorolli formulou a ementa do curso de formação técnica em Teatro Musical do C.A.M.A. (Centro de Atividades Musicais e Artísticas), a 1ª escola de Teatro Musical de Minas Gerais, com vários alunos já inseridos no mercado, e alguns premiados. Como ator e comediante destaca-se no monólogo de sua autoria e direção: A Catarina é uma Comédia, em cartaz desde 2012. Foi um dos semifinalistas do Concurso Prêmio Multishow de Humor em 2013. Como compositor tem músicas gravadas por jovens talentos como a cantora mineira Janaína Moreno, residente no RJ, e a banda belorizontina Sala 102.

Daniela Cassimiro

Atriz profissional a oito anos. Formada em Educação Física. Fez aulas de canto, jazz, ballet,dança de salão, sapateado americano.

Participou das montagens dos musicais  Os Saltimbancos, Lampiãozinho e Maria Bonitinha, A pequena Sereia, espetáculos da Cyntilante Produções. Foi professora de Sapateado Americano e Dança de Salão. Atualmente participa de espetáculos de teatro empresarial

e ainda se dedica ao teatro musical em Belo Horizonte.

Suellen Ogando

Suellen Ogando é  jornalista, atriz, cantora, pós graduada em História da Arte e Cultura pela UFMG. Estudou Teatro na Newton Paiva, em 2004 a 2007, que resultou em 8 montagens, sob direção de Ronaldo Boschi e Meibe Rodrigues, dentre eles o Musical Brasileiro “Os Saltimbancos” como solista a Galinha . Estudou Teatro Musical na UFMG,  em 2009, resultando no espetáculo “Noite na Broadway II” como solista em 3 números, sob direção de Ana Taglianetti ( pela Dramato/ Escola Operária em BH). Já participou  de cerca de 30 espetáculos e de vários comerciais, vídeos institucionais, além de curta metragem e dublagem. Desde de 2005 integra o Musical “A Pequena Sereia” no papel da solista Úrsula, pela Cyntilante Produções.

Cantora há 11 anos, estuda  canto popular e Contemporary Belting. Produtora e Diretora do espetáculo BR.OADWAY BH.  Produtora Executiva e Assessora de Imprensa da 1ª Master Class Internacional Brie Cassil, com foco em Teatro Musical, em Março de 2012.  Produtora Executiva e Assessora de Imprensa do artista Reiner Tenente ( Musical Tim Maia- Vale Tudo  e preparador de atores do Rock In Rio e Cazuza)em BH com os Workshops e Pocket Shows, que está na terceira edição. Produtora local em Ouro Preto/Minas Gerais da Web Série Musical “Se Nada Der Certo” produtora do Rio de Janeiro.

Robério Molinari

Nascido no Rio de Janeiro, cedo iniciou os estudos musicais. É Mestre em Música (Piano) pela UFRJ (2011) e, ainda no RJ, estudou técnica e interpretação com a Pianista Sônia Maria Vieira, com o Pianista Homero de Magalhães e se especializou em Piano, também na UFRJ, sob a orientação do Pianista e Compositor Heitor Alimonda. Também, estudou regência com o Maestro Homero de Magalhães no RJ, e com o Maestro Carlos Alberto Pinto Fonseca em BH.

Conquistou 24 prêmios em Concursos Nacionais de Piano e Concursos Públicos de Música, dentre eles 10 primeiros lugares. Realizou vários recitais e concertos em diversas cidades brasileiras: RJ, SP, MG, GO, DF, RS, entre muitas outras.

Participou também de mais de 70 gravações em áudio e vídeo (inclusive ao vivo e para a TV), diversos CDs e DVDs, como pianista solista, camerista, regente e arranjador. Foi Professor de Piano da Escola de Música da UFMG e atualmente é Professor da Escola de Música da UEMG e do Palácio das Artes, em BH/MG.

Atuou como Regente Titular do coral “Madrigal Vox”, da orquestra “Indeceto”, do “Coral Sem Fronteiras” e da “Orquestra Sem Fronteiras”. Integrou o “Trio Aquarius”, o “Quinteto Horizontes”, o “Quarteto Carajazz” e o “Quinteto Opus Dominum”. Atualmente integra o “Bacamarte” do  RJ, o grupo musical do “Robério Molinari Eventos”, o “The Celtic Songs” e o “i Molinari camerata musici”, estes últimos de BH.