Curta o GBC Siga o GBC 


Misturando música e humor, banda reúne músicos e compositores consagrados de Belo Horizonte; quatro apresentações entre eventos abertos e fechados estão na programação

Inspirada nas bandas que animavam bailes e carnavais de salão do passado, mas com uma roupagem descontraída e moderna, a Orquestra Royal celebra seu segundo ano lançando o primeiro disco “As mais gozadas” e divulga sua agenda até o carnaval. A banda, que reúne consagrados músicos de Belo Horizonte e ganhou repercussão na mídia nacional com marchinhas que viralizaram na internet, fará quatro apresentações no mês de fevereiro na capital mineira.

No dia 18 de fevereiro, sábado, a partir das 16h, a Orquestra Royal realiza seu segundo Ensaio do Baile, evento gratuito na esquina das ruas Paraíba e Cláudio Manoel, na Savassi. “É um bloco que concentra mas não sai. Ano passado foi um sucesso e essa ano vamos repetir”, brinca Gustavo Maguá, vocalista da Orquestra Royal.

Já no dia 21, terça-feira, às 20h, o grupo apresenta o “Baile da Orquestra Royal” , evento gratuito no Granfino’s, na Av. Brasil, 326, Santa Efigênia. No sábado de carnaval, dia 25, às 15h, é a vez da Vila Albertini, na Rua Cristal, 137, em Santa Tereza, receber o show da Orquestra com ingressos a R$ 35. E para fechar a agenda, A Orquestra Royal lança e distribui gratuitamente seu primeiro CD no domingo de carnaval, dia 26, às 17h, em evento gratuito na Rua Sapucaí, no bairro Floresta.

Com um repertório baseado em marchinhas, sambas e músicas irreverentes, o grande diferencial da Orquestra Royal é tocar predominante temas autorais, já que os integrantes do grupo vêm desde 2012 apresentado composições que ficaram famosas em Minas Gerais e no Brasil devido à grande repercussão na internet. Entre elas Selfolia, Manja Rolha, Prefeito Libera o Cooler, Não Enche o Saco do Chico, que foi vencedora do Concurso Mestre Jonas 2016 e destaque na mídia, sendo noticiada até mesmo no jornal francês Le Monde e O Baile do Pó Royal, que dá nome ao conjunto e já é tema tradicional do carnaval mineiro.

O Baile e Selfolia também são campeãs de concursos recentes, sendo a primeira do Mestre Jonas de 2014 e Selfolia do Concurso Mineiro de Marchinhas, em 2015. Neste ano a Orquestra ganhou repercussão nacional com as machinhas Pinto por Cima, que satiriza a polêmica medida tomada pelo prefeito de São Paulo, João Doria, de apagar painéis de grafite espalhados pela cidade, e Solta o Cano que brinca com os vazamentos e delações que marcam o noticiário. As canções já ultrapassam a marca de 2 milhões de visualizações nas redes sociais. Todas estão no novo disco.

“Nosso objetivo é fazer o show mais divertido do carnaval, para todas as idades. Nossas músicas e vídeos fazem as pessoas darem muita risada na internet e ao vivo é ainda melhor.“ explica Vitor Velloso, fundador e cantor na Orquestra.

A Orquestra Royal já se apresentou em diversos palcos da noite belorizontina como Jangal, Espaço Distrital, Music Hall, Baile da Tereza e na Virada Cultural de Belo Horizonte com a rua lotada para se divertir e cantar junto.

Integrantes:

Gustavo Maguá – voz, violão e cavaquinho

Marcos Frederico – voz, bandolim e violão

Vitor Velloso – voz e teclados

Thiago Dibeto – voz e violão

Helton Lima – voz e bateria

Vini Ribeiro – baixo e vocal

João Machala – Trompete

Samy Erick – Guitarra

Serviço:

Orquestra Royal divulga agenda até o carnaval

18/02 – Sábado, às 16h – Ensaio do Baile na Rua Paraíba/Rua Claudio Manoel, Savassi. Entrada franca

21/02 – Terça-feira, às 20h –  Baile da Orquestra Royal no Granfinos (Av. Brasil, 326, Santa Efigênia). Entrada franca

25/02 – Sábado de carnaval, às 15h – Vila Albertini (Rua Cristal, 137, em Santa Tereza). Ingressos: R$ 35

26/02 – Domingo de carnaval, às 17h – Rua Sapucaí, bairro Floresta. Entrada franca

Assessoria de Imprensa: Grupo Balo de Comunicação – www.grupobalo.com

Heberton Lopes – hlopes@grupobalo.com

Bianca Crispim – imprensa@grupobalo.com

(31) 3077 0606 | (31) 98988-7616