Curta o GBC Siga o GBC 


Projeto “Música  nas  Escolas”  faz apresentação no Prêmio Mineiro da Qualidade

 DSC_9040web

Concerto será no dia 04 de novembro no Teatro Sesiminas

Levar o ensino da música para crianças e jovens e o melhor, gratuitamente. Este é o foco do Projeto Música nas Escolas, que fará uma bela apresentação durante o Prêmio Mineiro da Qualidade. O concerto desta vez fica por conta da Camerata da Orquestra Jovem Vallourec e será realizado no dia 4 de novembro (terça-feira), às 20h, no Teatro Sesiminas (Avenida Padre Marinho, nº 60, no Santa Efigênia). O projeto é viabilizado pela Vallourec do Brasil.

Os músicos participantes do projeto serão coordenados pelo professor Samuel Gomide e apresentarão composições  eruditas  e  populares como: Alla Rustica, de Vivaldi; Yesterday, da banda Beatles; All of My Love, de Led Zeppelin; Forever, da banda Kiss; Por una Cabeza, de Carlos Gardel e muitas outras.

O Projeto Música nas Escolas, idealizado  e  produzido  pela  Imago  Mundi  Cultural,  que  tem  a  frente  José  Roberto  Alvarenga  e  José  Roberto  Lages, engloba as  orquestras  Jovem  Vallourec, Orquestra Jovem da  Escola  Estadual  Padre  João  Botelho  e  o  Grupo  de  Câmara. Os músicos realizam  concertos  em  escolas  e  locais  públicos  de  Belo  Horizonte  e  interior de Minas Gerais, com a regência do maestro Rogério Vieira e  coordenação do professor Samuel Gomide.

O Música  nas  Escolas

Inspirado  no  maestro  Heitor  Villa  Lobos,  um  dos  primeiros  a  introduzir  a  música  nas  escolas,  o  Música  nas  Escolas  teve  início  em  2005,  numa  iniciativa  da  Imago  Mundi  Cultural.  O  projeto  incentiva  e  investe  na  formação  musical  de  crianças  e  adolescentes,  de  oito  a  20  anos,  estudantes  de  escolas  públicas,  moradores  da  Região  Metropolitana  de  Belo  Horizonte.  Por  meio  de  concertos  didáticos  e  cursos  de  formação  musical,  eles  têm  acesso  à  história  de  grandes  compositores  da  música  erudita  e  popular,  têm  aulas  de  teoria  musical,  história  da  música  e  apreciação  musical.

Ao  ingressarem  no  projeto,  eles  participam  de  aulas  diárias  e  gratuitas  de  instrumento  musical  à  sua  escolha,  como:  violinos,  violas,  violoncelos,  contrabaixos,  flautas  transversais  e  doces,  trompetes,  fagotes,  oboés  e  percussões  etc.  As  aulas  são  ministradas  por  15  professores  contratados  da  Orquestra  Sinfônica  de  Minas  Gerais  e  Orquestra  Filarmônica  de  Minas  Gerais,  que  os  aproximam  do  universo  da  música  erudita  e  popular.

Desde  o  início  do  projeto,  já  são  mais  de  200  apresentações  realizadas  para  cerca  de  60  mil  espectadores  em  eventos  culturais,  escolas,  creches,  hospitais,  metrôs  e  praças  da  capital  e  do  interior  de  Minas  Gerais.

Depois  de  anos  estudando  e  respirando  música,  muitos  jovens  continuam  no  projeto  aperfeiçoando-se  e  atuando  como  multiplicadores  do  conhecimento  adquirido.  A  qualidade  do  planejamento  pedagógico  e  da  formação  musical  também  favorece  a  atuação  de  vários  integrantes  das  orquestras  em  grupos  profissionais,  fora  do  âmbito  do  projeto,  propiciando  a  geração  de  emprego  e  renda  para  os  jovens  músicos, e também tem favorecido  a entrada de alguns músicos  em conceituadas  universidades.

Serviço:

Projeto Música nas Escolas no Prêmio Mineiro da Qualidade

4 de novembro (terça-feira), às 20h

Local: Teatro Sesiminas (Avenida Padre Marinho, nº 60, no Santa Efigênia)

Apresentação fechada para os participantes do prêmio

Assessoria de Imprensa:

Christina Lima – (31) 3274 8907 | (31) 9981 4897

Heberton Lopes – (31) 3077 0606 | (31) 8855 1219